Vai mesmo, gordinha Difícil não acreditar no feminismo O sutiã cor de rosa Eu não merecia ser estuprada Afinal, o que querem as mulheres O amor mora nos detalhes

Internidades - Cáh Morandi

Hoje, venho compartilhar com vocês um pouquinho sobre o livro maravilhoso que a Editora Penalux gentilmente me cedeu: Internidades, de Cáh Morandi.



Internidades é um livro de 126 páginas recheadas de curtas poesias que transbordam sentimento e que nos encantam pela naturalidade e beleza transmitidas pelas palavras.

Uma degustação do que vocês encontram no livro:






Cah Morandi é de Florianópolis - SC e, além de uma incrível poeta, é, também, cronista.

Vocês podem conhecer mais sobre o trabalho dela acessando seu site pessoal: http://www.cahmorandi.com/


Fica, aqui, minha enorme recomendação para a leitura do livro. Ele já está em pré-venda no site da Editora Penalux e você pode adquiri-lo através do link: http://www.editorapenalux.com.br/loja/product_info.php…

Abraços!


Aos leitores de olhares

Todos nós, em algum momento da vida, independente de qual seja a causa, passamos por momentos difíceis. São aqueles dias em que a vida perde a cor, o mundo lá fora é assustador, mas viver dentro dos nossos próprios corpos também é. São os dias em que gostaríamos de sumir, mas não temos para onde; em que gostaríamos que alguém nos abraçasse e pudesse simplesmente captar e entender toda toda a tortura e agonia que explode dentro de nós, assim, sem que precisemos dizer uma palavra.

Ultimamente, dados alguns acontecimentos que não poderiam me deixar de outra forma, tenho estado "nesses dias". Comer é um sufoco. Sair de casa é um sufoco. Falar sobre os meus sentimentos? Dificílimo. Visto o melhor sorriso que consigo, cubro as olheiras com maquiagem e saio por aí fazendo o necessário. Exceto pela perda de peso que sempre denuncia que as coisas não vão muito bem comigo, eu engano direitinho. Alguns dias são melhores; noutros, levantar da cama é missão impossível, mas, como sou mestre em ocultar sentimentos - ainda que não o faça de forma voluntária - poucos parecem notar a diferença.

Mas, recentemente, um amigo que eu e minha mãe fizemos em uma de nossas andanças pelo shopping - uma daquelas raras pessoas que ainda carregam sorrisos de criança e que parecem ter nascido com a função de ser anjo para aqueles que precisam - me chamou a atenção ao acertar, por vários dias seguidos, antes mesmo que eu tivesse tempo de esmiuçar qualquer expressão facial ou dizer alguma palavra, como estava o meu estado de espírito: "Patrícia, hoje tu não tá muito bem, né?" "Olha, tô feliz de te ver, hoje tu estás bem!"

Comecei a ficar intrigada, resolvi até testá-lo. Num determinado dia em que nos encontramos, não estava me sentindo muito bem, mas, mesmo assim, propositalmente caprichei no sorriso e na empolgação ao cumprimentá-lo e, para minha surpresa, ele olhou demoradamente para o meu rosto e concluiu: "Patrícia, não gostei do que vi, tu não estás bem!" Bruxaria? Leitura de pensamentos? A curiosidade estava me matando e decidi perguntar: "Caca, qual é o segredo? Como tu sempre adivinha se eu estou ou não bem?" "É simples, Patrícia" - ele respondeu "Quando tu estás feliz, teus olhos brilham".

Isso não saiu mais da minha cabeça. Em tempos de sensibilidade minguada, de olhares que fogem uns dos outros e que passam mais tempo voltados para telas de celulares, me descobri perplexa e comovida ao constatar que ainda existem leitores de olhares. Mal eu sabia que meus olhos me denunciavam. Talvez eles tivessem a espera de outros que ainda preservassem suficiente inocência para serem capazes de ver o que ninguém mais vê, de enxergar os brilhos que são visíveis apenas a almas nuas.

Graças a ele, agora sei o que perseguir, agora tenho um medidor de felicidade mais genuíno do que qualquer riso espontâneo que os meus lábios possam vir a formar; agora sei que, ainda que eu tenha conhecido a escuridão, meus olhos sempre serão capazes de brilhar e que, quando isso acontecer, terei a certeza de que haverá alguém no mundo apenas esperando para dizer: "Nunca perca esse brilho".

Patrícia Pinheiro


Resultado do sorteio: Anjos à mesa e Se eu ficar

Olá, gente!

Já temos o resultado do sorteio que fiz em parceria com a minha amiga Nina, do Nina é uma!

As ganhadoras foram: Luiza Maia Uzal e Gothic Owl (Pérola Negra)
Parabéns, meninas!

A Nina já entrou em contato com vocês e o prazo para responder o e-mail é até sexta-feira que vem!


Ficamos muito felizes com o grande número de participações e, fiquem sempre ligados, pois mais sorteios vêm por aí!

Sorteio Literário: "Anjos à mesa" e "se eu ficar"



Oi, gente!

Tem sorteio novo no blog e, dessa vez, é em parceria com o blog Nina é uma, da minha amiga Nina Spim.

Os prêmios serão dois livros: o primeiro ganhador leva Anjos à mesa, e o segundo, Se eu ficar.

1. Seguir publicamente OS DOIS blogs (lembrando que quem não estiver seguindo será automaticamente desclassificado e que não é necessário ter um blog para tal feito).
2. Seguir os passos do Rafflecopter (não é necessário fazer todos, mas quanto mais vocês fizerem mais chances têm de ganhar).
3. O sorteio começa dia 01/10 à meia-noite e termina dia 01/11, à meia-noite (do dia 31 para o dia 1/11).
4. Os vencedores têm até cinco dias úteis para entrar em contato pelo e-mail mundodanina@gmail.com
5. Os livros serão enviados para os ganhadores até uma semana depois do encerramento do sorteio (lembrando que eu fico responsável por Anjos à mesa, e, e Nina, por Se eu ficar).


* Link do Google+ a ser seguido como chance extra: https://plus.google.com/+NinaeumaBlogspot1


a Rafflecopter giveaway

Resultado do sorteio em parceria com a Editora Penalux

Olá, gente!
Conforme combinado, venho informar o resultado do sorteio em parceria com a Editora Penalux.
A sortuda, que vai ganhar um exemplar do livro "O Lugar da Espera", é: Fefa Sol!

1 – Arlete Magalhães
2 – Carolina Gama
3 – Fefa Sol
4 – Juliana Oliveira
5 – Júlia Fortes

Parabéns, Fefa!

Agradeço a participação de todos e fiquem atentos porque logo vem mais sorteio por aí!

Vai mesmo, gordinha!

      Foto de Liora K e Jes Baker. Parte do projeto fotográfico “EXPOSE: SHEDDING LIGHT ON COLLECTIVE BEAUTY”,         que busca mostrar a beleza de mulheres comuns e reais.

Lendo o texto que Mariliz Pereira José escreveu para a Folha: “Vai, gordinha”, admito que me senti incomodada. Por se tratar de um veículo de informação com tamanha visibilidade, me entristece e me preocupa ver uma gordinha que se exercita sendo comparada, nas palavras da cronista, a “um queijo provolone amarrado se desmanchando”.

Ao dar uma proporção gigantesca aos 7 quilos que adquiriu em um ano, a autora confessa que toma banho à luz de velas para evitar visualizar o próprio corpo, se auto intitula uma “gordinha esperta” por saber vestir-se de forma a parecer mais magra, além de afirmar que se submete à atividades físicas que detesta. Não pretendo aqui, de forma alguma, atacar a escritora ou desmerecer seu trabalho, mas, analisando sua abordagem, percebe-se que, durante todo o texto, a pessoa “gordinha” é associada, unicamente, a algo negativo, indesejado e digno de compaixão, o que é, a meu ver, totalmente problemático.

Ao mostrar seu sofrimento para adequar-se aos padrões de beleza, a autora, ao invés de utilizar a exposição de suas próprias vivências como uma forma de criticar e questionar tais construções, peca ao fazer exatamente o oposto: reforçá-las. Mas, cara Mariliz, sei que você não tem intenções de promover o ódio e o preconceito, já vi muitas mulheres fazendo comentários como os seus. Sinto que muitas vezes, nós mulheres, estamos apenas reproduzindo o que nos foi ensinado desde pequenas: criticar mulheres por suas formas físicas.

Mariliz, entendo que a beleza não conhece formas, que não é medida em quilos. Ela reside, ao contrário, exatamente na tranquilidade de ser exatamente aquilo que nós mesmas quisermos ser; e jamais no que é moldado pela opinião alheia. Eu também me solidarizo com a gordinha que está lá suando na esteira, seja por qual motivo for, porque acredito que ela está disposta a mudar, de ver a vida de outras formas. Coisa que talvez o seu amigo que não gosta de gordinhas ou mesmo você que não gosta de regatas parecem não estar.

Hábitos saudáveis de vida são importantes e devem, sim, ser estimulados, mas tão importante quanto é que possamos definir claramente nossos próprios interesses e metas para que elas jamais se confundam com aquelas que, desde muito cedo, acabam construindo para nós. E é por isso que não podemos fechar os olhos para a reprodução da gordofobia que, de alguma forma, se encontra presente em suas palavras; é preciso que, apesar de todos termos direito à preferências pessoais, se lute contra a imposição do que é “bonito” e do que é “feio”, se lute contra discursos que possam denegrir o outro.

Por isso, Mariliz, desejo profundamente que, com 7 quilos a mais ou a menos, você possa se sentir bem com o seu próprio corpo; que nunca venha a sofrer de dor lombar, mas que não deixe de comer pizza com seus amigos para comemorar as coisas boas; que use roupas que te fazem sentir linda, mas que jamais abdique do seu conforto; que tome banho pelada, com um espelho na frente e com todas as luzes da casa acesas para poder se lembrar todos os dias do quão poderosa você é; e que, quando for capaz de se sentir incondicionalmente linda e LIVRE, passe a encorajar todas as gordinhas e magrinhas a fazerem o mesmo. Vai mesmo, gordinha! Vai mesmo, mulher!

Patrícia Pinheiro

Sorteio em parceria com a editora Penalux


Oi, gente!

É com muita alegria que venho comunicar que o blog acabou de fechar parceria com uma editora super legal: a Penalux. E, para iniciar em grande estilo essa nova parceria, nada melhor que um sorteio, né?


Eis o prêmio super legal que a editora gentilmente cedeu para sorteio:



O LUGAR DA ESPERA

Gênero: Prosa poética (Selo Castiçal)

Autor: Erica de Paula





Regras:

1 - Curtir a Fan Page do blog AQUI;
2 - Adicionar a página da Penalux AQUI;
3 - Deixar um comentário neste post avisando que está participando e informando link do Facebook com o qual seguiu as páginas e e-mail para contato.

O envio do prêmio fica sob responsabilidade da editora e o sorteio será realizado no dia 26/09.

Boa sorte!